Blog

Fechadura digital: como deixar seu lar mais moderno e seguro

Publicado em 25.08.2023 |
Visualizações
71 visualizações

Fechadura digital: como deixar seu lar mais moderno e seguro


A tecnologia é uma grande aliada quando o assunto é segurança do seu lar. As inovações são constantes e há uma série de equipamentos para a auxiliar na proteção de casas e apartamentos. Um exemplo é a fechadura digital, que permite que o acesso à residência seja realizado de forma segura sem o uso de chaves.

Trata-se de uma tendência que tem ganhado espaço no Brasil e no mundo.

Segundo pesquisa da IDC, o número de equipamentos de monitoramento doméstico e segurança deve aumentar de 801 milhões em 2020 para 1,4 bilhão até 2025. Dispositivos inteligentes de controle de acesso, como a fechadura digital, estão entre eles. 

Você sabe como funciona e quais são os benefícios que esse tipo de dispositivo pode proporcionar ao seu lar?

Sente-se confortável para escolher a fechadura digital ideal para seu lar?

Para você ficar por dentro do assunto, preparamos este artigo.

Continue a leitura! 

Quais são os tipos de fechadura digital?

Antes de detalharmos o seu funcionamento, é preciso diferenciar as fechaduras digitais disponíveis atualmente no mercado. Veja:

  • Possuem ou não maçaneta;
  • São de embutir ou de sobrepor (usadas em portas de vidro ou com espessura que não permita uma fechadura embutida, sendo colocadas junto à maçaneta convencional da porta, sem a necessidade da retirada);


Em relação à forma de abertura, que pode ser por senha, biometria, tag ou aplicativo, sem esquecer das chaves.

Como a fechadura digital funciona?

Quem nunca esqueceu as chaves e ficou do lado de fora por horas ou então precisou chamar um chaveiro para abrir a porta, desperdiçando tempo e dinheiro? Com a fechadura digital, esse tipo de situação não acontece.

Além disso, é possível garantir mais segurança ao espaço onde está instalada, já que algumas fechaduras comuns abrem facilmente com uma chave-micha. Sendo assim, a fechadura digital proporciona maior praticidade e facilidade para entrar e sair de casa.

Ela dispensa totalmente o uso de chaves porque funciona através de:

  • Senhas, com display sensível ao toque;
  • Tags de aproximação, ativados por RFID (identificação por radiofrequência);
  • Aplicativo acessado por celular
  • Biometria (cadastro de digitais).


Quem procura uma fechadura digital para instalar em casa tem como desejo principal simplificar o acesso das pessoas autorizadas ao seu lar. Entre os recursos mais modernos existentes no mercado, está a abertura por meio de aplicativos que se conectam à fechadura digital por Bluetooth.

Controle a fechadura digital por aplicativo

Mais do que permitir a abertura por meio do smartphone, o uso de um aplicativo expande as funcionalidades da fechadura digital. É possível fazer o seguinte:

  • Gerenciar usuários que terão autorização para entrar na sua casa;
  • Determinar os horários de entrada de cada usuário cadastrado no sistema (útil para prestadores de serviço doméstico, por exemplo);
  • Criar senhas temporárias para visitantes, inclusive a distância.

Essas possibilidades eliminam não só a necessidade do uso de chaves, mas também do compartilhamento das tags de aproximação e da criação de senhas (ou do repasse delas) para vários usuários.

Além disso, permite reforçar a segurança do local ao facilitar a identificação do usuário que esteve no ambiente por último ou quem foi o primeiro a chegar, por exemplo.

Fechadura inteligente: a evolução das fechaduras digitais

Como vimos, as fechaduras digitais já trazem inúmeras facilidades. E a evolução delas são as chamadas fechaduras inteligentes, com as quais é possível criar rotinas de acionamento e controlar dispositivos como lâmpadas, televisores e aparelhos de ar-condicionado.

Ou seja, a partir de senhas específicas digitadas na fechadura smart, o usuário pode ter cenários integrados por meio da automação residencial. Por exemplo, é possível liberar a entrada das visitas à sua casa estando em qualquer lugar pelo aplicativo, sem precisar ir até a porta.

O que uma fechadura digital deve ter para ser segura?

Para que seja obtida a melhor experiência com esse tipo de equipamento, é fundamental que ele tenha algumas funcionalidades específicas. As principais são:

Alarme sonoro antiarrombamento

É importante que a fechadura digital tenha a opção de alarme, que seja acionado em caso de tentativa de arrombamento da porta ou se ocorrer determinado número de erros sucessivos da senha.

Função não perturbe

Essa função é fundamental para permitir que o usuário desabilite a abertura da fechadura pelo lado de fora quando quiser mais privacidade, por exemplo.

Função senha protegida

A função de senha protegida dificulta que pessoas mal intencionadas descubram a senha ao seguir as marcas de digitais deixadas no teclado da fechadura ou ao observar o usuário de longe digitando-a.

Quando essa função é habilitada, permite que números aleatórios sejam digitados pelo usuário antes da senha verdadeira para confundir.

Sensor de fechamento automático

Esse tipo de sensor realiza o travamento automático da porta, o que é ideal para quem costuma esquecer a porta aberta ou, até mesmo, para aqueles que estão sempre com as mãos ocupadas, não sendo necessário desocupá-las para trancar a porta.

Baixo consumo

Outro ponto importante que deve ser considerado para que a fechadura digital seja segura é que ela possua baixo consumo de energia. Assim, permite o funcionamento por muito tempo sem a necessidade de trocar as pilhas.

Nenhum dos nossos modelos de fechaduras digitais, por exemplo, é ligado à energia elétrica. Elas funcionam com pilhas, tendo duração média de 1 ano.

De qualquer forma, o dispositivo deve sinalizar a carga baixa e permitir o acionamento por meio de uma bateria 9v ou cabo USB em situações emergenciais.

Vantagens da fechadura digital

Para recapitular, entre as vantagens da fechadura digital, podemos destacar:

  • Dispensa o uso de chaves, evitando esquecimento e perda de tempo e dinheiro com o serviço de chaveiros para entrar em asa;
  • Proporciona mais segurança, já que algumas fechaduras convencionais podem ser abertas facilmente;
  • Trava automaticamente a porta, sendo ideal para quem costuma esquecer a porta aberta;
  • Adiciona ou remove o acesso de uma pessoa sem precisar trocar a fechadura das portas – basta trocar a senha, a biometria ou o tag de aproximação;
  • Oferece a função não perturbe, garantindo mais privacidade;


O que levar em conta na hora de escolher a fechadura digital?

Para escolher o modelo de fechadura digital mais adequado à sua necessidade, confira o checklist que preparamos a seguir para você não errar na sua escolha.

• Tipo de porta

• Tipo de instalação

• Tipo de acionamento

• Com ou sem maçaneta?

• Possui trinco reversível ou não?

Tipo de porta

Primeiramente defina em qual tipo de porta você irá usar esse equipamento tecnológico. Fechaduras eletrônicas digitais podem ser usadas em portas de entrada, de residências ou estabelecimentos comerciais.

Além disso, existem modelos específicos para portas de madeira, vidro ou metal, desde que tenham entre 35 e 55 mm de espessura. Há modelos indicados para portas de abrir, de correr ou pivotantes.

Tipo de instalação

Quanto à forma de instalação, as fechaduras eletrônicas podem ser de embutir ou de sobrepor. A fechadura eletrônica de embutir é instalada dentro da porta, com fechamento na parte interna do batente e por isso é considerada mais segura.

Já a fechadura eletrônica de sobrepor é sobreposta à porta e pode ser instalada em qualquer altura.

Tipo de acionamento

Quanto ao tipo de acionamento, você pode optar por senha, cartão, biometria, bluetooth, wi-fi ou controle remoto. As fechaduras com senhas são as mais comuns, mas leve em conta o tipo de uso que você fará dela.

Com ou sem maçaneta

Existem ainda modelos de fechadura eletrônica com maçaneta ou fechadura eletrônica sem maçaneta. Os equipamentos que já vêm com maçaneta dispensam o uso de puxadores.

Possui trinco reversível ou não?

Outro fator a observar na hora da compra é qual o lado de abertura da peça, pois há modelos de fechadura eletrônica com trinco reversível ou sem. Neste último caso, você precisa comprar a fechadura já na posição correta em que irá utilizá-la.

Como você viu, o uso de fechaduras digitais está cada vez mais se tornando uma necessidade para a praticidade e a segurança impostas pelo seu lar.

Seja para uso doméstico ou até em um imóvel que você deseja disponibilizar para locação, incorporar mais tecnologia na tarefa de abrir e fechar portas é uma tendência que traz facilidade e agrega muito valor ao seu patrimônio.

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.